DISTÚRBIOS ALIMENTARES: IDENTIFICANDO OS SINTOMAS.

Tempo de leitura: 5 minutos

DISTÚRBIOS ALIMENTARES: IDENTIFICANDO OS SINTOMAS.

Alta, magra, bela… então temos aqui a mulher perfeita! pelo menos é isso que nos fazem acreditar, portanto os padrões de beleza sempre existiram,portanto eles podem variar de um lugar para outro, mas o problema é que sempre, em algum lugar, vai ter alguém querendo convencer tanto mulheres quanto homens de que existe um padrão de beleza e que ele deve ser seguido para que você seja bela(o).DISTÚRBIOS ALIMENTARES: IDENTIFICANDO OS SINTOMAS.

Nas revistas, na tv,mas tudo o que vemos são mulheres e homens de corpos esculpidos e feitos “sob encomenda”, é essa visão que muitas pessoas possuem, a busca por aquilo que é visto nos telões e outdoors é incessante e perigosa.

PERIGO! PADRÕES DE BELEZA E OS DISTÚRBIOS ALIMENTARES

DISTÚRBIOS ALIMENTARES: IDENTIFICANDO OS SINTOMAS.

Com a grande busca e desejo por se enquadrar nos padrões de beleza, então chegamos nos distúrbios alimentares, um dos resultados da constante pressão de ter aquele corpo dito como ideal, mas o assunto é tabu para muitas pessoas, e o diagnóstico fica cada vez mais distante para crianças, jovens e adultos que em alguns casos, sequer já ouviram falar sobre os tais distúrbios alimentares.

Existe apenas um caminho para solucionar esse problema, falar sobre o assunto, identificar os sintomas, iniciar o tratamento, e entender que não existe um padrão de beleza, todos somos especiais e belos da nossa forma.

não tem para onde fugir, essa é a melhor forma de se livrar desse mal, e se você acha que pode ter algum distúrbio alimentar ou conhece alguém que pareça ter, veja como identificar os sintomas e iniciar o tratamento.

Saiba mais aqui:

BULIMIA: COMO SABER SE TENHO ESSE DISTÚRBIO.

Esse é um dos distúrbios alimentares mais comuns e que possui mais casos de pacientes diagnosticados, a bulimia possui características bem específicas, o que facilita um diagnóstico próprio (o diagnóstico pessoal não substitui o de um profissional).

Pessoas com bulimia nervosa costumam comer em excesso e logo após provocam vômito, além disso, pessoas com esse distúrbio costumam fazer uso de laxantes e praticam exercício físico em excesso, normalmente estão acompanhados da culpa por terem comido mais do que deveriam.

Entre os sintomas de um bulímico está a constante dor na garganta, erosão do esmalte dentário, incômodos intestinais e sangramento anal.

Para tratar essa doença é muito importante que o paciente aceite que precisa de ajuda, além disso, o apoio da família e amigos também é muito importante. O tratamento deve ser feito com o acompanhamento de psicólogo, psiquiatra e um nutricionista.

OS PERIGOS DA ANOREXIA.

Assim como a bulimia, a anorexia também é um distúrbio alimentar que afeta centenas de pessoas em todo o mundo, esse distúrbio é ainda mais grave, pois os pacientes que possuem essa doença costumam ter uma visão deturpada do próprio corpo, dessa forma, é comum que pacientes com anorexia nervosa sigam métodos de emagrecimento muito perigosos para a saúde.

Entre os sintomas, como já foi dito, está a distorção da imagem real, peso totalmente abaixo do ideal, anemia, e constante monitoramento quanto a alimentação.

O tratamento deve ser feito com acompanhamento psicológico, esse é essencial para que o paciente identifique e aceite que está doente, para que possa começar um processo de aceitação da própria imagem, o acompanhamento com um nutricionista também se faz muito importante. DISTÚRBIOS ALIMENTARES: IDENTIFICANDO OS SINTOMAS.

TRANSTORNO DE COMPULSÃO ALIMENTAR E OS PERIGOS DESSA DOENÇA.

DISTÚRBIOS ALIMENTARES: IDENTIFICANDO OS SINTOMAS.

 

Para diferenciar o TCA de outros distúrbios alimentares é muito simples, pessoas com esse distúrbio, diferente de bulímicos e anoréxicos, não possuem tendência a comportamentos compensatórios, que incluem dietas, jejuns e exercícios físicos exagerados.

Os pacientes com TCA normalmente estão acima do peso, e os sintomas podem incluir culpa, ansiedade, vergonha, pressão arterial elevada e alto risco de desenvolver doença cardiovasculares.

Portanto, o tratamento deve ser feito com acompanhamento de um psicólogo e nutricionista, além disso também é muito importante o apoio de amigos e familiares, pacientes diagnosticados com transtorno de compulsão alimentar se sentem constantemente culpados e por isso a terapia é muito importante.

IMPORTÂNCIA DO ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO.

IMPORTÂNCIA DO ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO.

como em grande parte dos casos, os distúrbios alimentares estão relacionados à depressão, ansiedade e outros problemas psicológicos, por isso é muito importante que haja o acompanhamento de um profissional e a terapia é essencial para esses pacientes.

Logo ao identificar qualquer sintoma relacionado à alguns desses distúrbios, busque imediata ajuda de um profissional, em alguns casos o acompanhamento apenas com o psicólogo é suficiente, mas na maior parte dos casos é necessário acompanhamento de psiquiatra e nutricionistas.

               CONCLUSÃO

Aos primeiros sinais e sintomas de distúrbio alimentar que você identificar, independente de você ser o paciente ou não, busque imediatamente uma ajuda, contar a situação para alguém de confiança também é importante e pode ajudar muito.

Lembre-se sempre, não existe um padrão de beleza, peso excessivo é um problema, mas a magreza excessiva também não é o caminho mais aconselhável,no entanto, mantenha uma alimentação saudável e aceite sua própria beleza!

Então…Gostou do conteúdo comente é compartilhe com os amigos!…

Se você quer Saber mais sobre beleza! então!….Aqui Abaixo tem um Link de como você chegar no peso ideal e vai pode te ajudar!….

Acessa Lá!…

Agora vamos aprenda a perder peso de verdade Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.